Primeiro Brinco da Bebê

furar-as-orelhasExecutamos a perfuração da orelhinha de bebês de forma rápida, silenciosa, higiênica e sem contato manual, utilizando o sistema de aplicação mais moderno do mundoOs brincos que utilizamos são mais finos e delicados, embalados e esterilizados individualmente em cápsulas descartáveis.

O aparelho de aplicação é leve com design anatômico, facilitando o manuseio e garantindo a colocação com precisão.

 

sistema de aplicaçãoDisponível em seis lindos e delicados modelos, os brincos possuem tarrachas anatômicas, com maior área de ventilação e, no ato da aplicação, se encaixam na trava do brinco, protegendo a ponta perfurante, facilitando a limpeza do local e permitindo perfeita cicatrização. O sistema de aplicação e o modelo dos brincos são cadastrados na ANVISA.


Cada par de brincos é apresentado em duas cápsulas individuais esterilizadas,contendo um brinco e uma tarracha cada uma. Dessa forma é possível usar uma cápsula sem comprometer a esterilização da outra.

 

QUESTÕES IMPORTANTES

  • Não tenha pressa: Não existe uma idade certa para furar a orelhinha. Recomenda-se aguardar a primeira consulta ao pediatra para que ele possa dar a melhor orientação e avaliar junto com você.
  • Escolha um lugar confiável: Como não é mais permitido realizar o procedimento em maternidades, procure uma clínica ou local autorizado pela Anvisa a realizar o procedimento. É preciso atentar-se com a higiene e se o procedimento será realizado com brincos estéreis.
  • Escolha o melhor tipo de brinco: Escolha sempre brincos bem pequenos e arredondados para que fiquem bem coladinhos na orelha do bebê e não possam causar danos a pele fina e delicada. os mais recomendados são os de aço inox de grau cirúrgico e folheados a ouro 24 K. Se for optar por brincos de ouro, tenha cuidado para escolher os de 24K.
  • Cuidados após o furo: fique atento aos sinais de inflamação, dores e secreções. Caso isso ocorra, visite seu pediatra. É recomendado manter o primeiro brinco por 4 semanas e realizar assepsia com álcool todos os dias. Também é recomendado rodar o brinco na orelhinha uma vez ao dia para evitar que fique colado.